CRIAÇÃO DO GT

História do GT
“Para aumentar as chances de sucesso na solução dos eventos críticos, a especialização, o adestramento e a organização de grupos táticos torna, sem dúvida, a atuação policial muito mais profissional, segura e eficiente no combate a criminalidade”. Cel PM Mascarenhas.

Com base no comentário acima, vamos começar a conhecer um pouco da criação e o objetivo do Grupo Tático “GT” na Guarda Civil Municipal de Jandira.
“GT” Grupo Tático assim denominado foi criado em dez/05, após a seleção dos integrantes, foi realizado um curso de Ações Táticas, foram cinco dias de treinamento intenso, divididos em aulas teóricas e também na prática.
A parte teórica foi feita na sede da GCM, temas
como policia comunitária, direitos humanos, montagem de operações, ações contra o crime organizado, código penal, etc. O curso na parte prática foi voltado ao patrulhamento Tático no atendimento de casos de tráfico de drogas, policiamento durante grandes eventos realizados na cidade, ocorrências de manifestações públicas, reintegrações de posse, crimes com reféns e rebeliões em cadeia. Os guardas receberam ainda orientações sobre técnicas para escolta de autoridades e presos e técnicas operacionais em abordagens e doutrina do patrulhamento tático.
Após as aulas teóricas os alunos tiveram que aplicar os conhecimentos na prática, participando de simulações criminais, como por exemplo, assaltos em residência com retenção de vítimas ou ainda distúrbios civis. Foi realizado ainda instruções de armamento e tiro e pista policial de instrução e de aplicação, no qual o aluno entra em um local que é feita uma simulação dentro de um prédio/local/favela abandonado com indivíduos perigosos, tendo ao mesmo tempo que efetuar disparos em alvos, executar tiros barricados evitando o confronto direto. A instrução treina o raciocínio rápido do Guarda diante de uma situação de risco.
Após a conclusão do curso, as equipes foram divididas em plantões e a GCM passou a contar um recurso a mais no combate e prevenção á criminalidade e no apoio as demais viaturas. Já em 2006 o Grupo Tático começou a dar resultados positivos, que vão desde uma simples averiguação até a prisão de acusados de tráfico de drogas, furtos e roubos, prisão de procurados e foragidos da justiça, escolta de presos, etc. No mesmo ano de 2006, durante os ataques do PCC, no qual perdemos dois companheiros, a GCMJ percebeu de fato e se convenceu a real necessidade de manter dentro da corporação uma equipe treinada e equipada para situações críticas ou arriscadas em ocorrências policiais.
Em Jan/08 foi realizado o II CAT/08-Curso de Ações Táticas, que aperfeiçoou os primeiros integrantes e especializou novos alunos para o patrulhamento tático. A capacitação técnica dos integrantes do GT é fundamental, pois devido ao alto risco de algumas missões em que são empregados, não podem ocorrer falhas, mínimas que sejam.

Comentários

  1. Independente da situação,o GT está pronto prá qualquer missão.

    Quem é, sempre será...!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Flagrante de tráfico de drogas - ROMU Jandira 10/05/2017

HERÁLDICA DO BRASÃO

4º Curso de Patrulhamento Tático é realizado na GCM de Jandira